Declaration of Solidarity with Chile from Academics Across the World

24.10.2019

My name is already on the list. Please join us here, fellow academics.

Investigar Pela Prática:
Olhando Para a Prática Artística Documental

24.10.2019

Bibi e os Crustáceos

22.10.2019

“A lula está a limpar o bar.” Estou a (re)ler um argumento para uma longa-metragem de animação, escrito por um mestrando brasileiro, sobre uma baleia grávida em busca de águas quentes. A prova de defesa é amanhã. Como não amar o meu trabalho?

Semana da Igualdade 2019: Milk – A Voz da Igualdade

22.10.2019


Milk – A Voz da Igualdade.

O Município da Figueira da Foz, em parceria com as entidades que desenvolvem intervenção na área da igualdade, programou um conjunto de atividades sob o mote da igualdade desenvolvidas entre os dias 21 e 27 de Outubro.

Esta Semana da Igualdade visa mobilizar os vários agentes locais e consciencializar a população em geral para as questões da igualdade, cidadania e não discriminação. No âmbito desta iniciativa, será exibido amanhã no Pequeno Auditório do CAE, pelas 21h, o filme Milk – A Voz da Igualdade (Milk, 2008). No final da projecção do filme, haverá um debate moderado por mim.

O Cinema Político Brasileiro Contemporâneo:
Marighella (2011) de Isa Grinspum Ferra

10.10.2019

Investigar Pela Prática: Cinema Documental

10.10.2019

Sessões do Carvão — O Cinema Falado
A Autoria no Cinema: Mostra de Cinema Documental Brasileiro

09.10.2019

Estudante e Orientador de Doutoramento

09.10.2019

Retirei esta imagem da página da Universidade de Kent sobre Investigação/Doutoramento (Research/PhD). Desde que defendi a minha tese de doutoramento em Estudos Fímicos a 8 de Dezembro de 2010 que nunca mais lá voltei. Hei-de regressar. Estudar no excelente departamento de cinema em Kent foi uma das experiências mais gratificantes da minha vida, logo à partida pelo facto de ter beneficiado de uma bolsa de doutoramento da própria universidade. Lembro-me bem.

Na sexta-feira passada, um estudante em Estudos Artísticos na Universidade de Coimbra, Markus Carpenter, orientado por mim, doutorou-se com distinção e louvor. Foi o terceiro, depois do Nuno Malheiro Lopes e da Jô Levy. É motivo de contentamento para mim que cada estudante tenha feito o seu caminho, na liberdade do que querem estudar, aprofundar, conhecer, sem que eu os tenha dirigido. Orientar é, para mim, ajudar a levar um projecto de outra pessoa a bom porto. Muito tenho aprendido. Espero que ela e eles também.

II Encontro Internacional de História Oral do Cinema Português

09.10.2019

Lá estarei no dia 19 de Novembro para apresentar uma comunicação sobre Gestos e Fragmentos (1983) num painel sobre a etnoficção no cinema documental pós-25 de Abril, os militares e o poder em Alberto Seixas Santos. Um agradecimento à Raquel (IHC-NOVA) pela organização deste evento que reúne um grupo impressionante de investigadores na Fundação Calouste Gulbenkian e pelo convite que me endereçou. A não perder.