Jacques Rivette (1928-2016)

29.01.2015


La belle noiseuse (1991).

Ettore Scola (1931-2016)

20.01.2015


C’eravamo tanto amati (1974).

O Cinema ao Espelho (1)

18.01.2015


Le Mépris.


Começa no próximo sábado, dia 23, pelas 21h30, um conjunto de tertúlias a que chamei “O Cinema ao Espelho”. As tertúlias são promovidas pelo CITEC e decorrem no Teatro Esther de Carvalho em Montemor-o-Velho até Abril. Esta primeira sessão é dedicada a Le Mépris (O Desprezo, 1963), realizado por Jean-Luc Godard.

O Cinema Amnésico

15.01.2016

Vilmos Zsigmond (1930-2016)

04.01.2016


Heaven’s Gate (1980).

Haskell Wexler (1922-2015)

28.12.2015


Medium Cool (1969).

Jean Eustache: Existência Brumosa (3)

15.12.2015


Mes petites amoureuses (Meus Pequenos Amores, 1974).



La Peine perdue de Jean Eustache (O Fôlego Perdido de Jean Eustache, 1997).


Serão mostrados amanhã nas Sessões do Carvão, o primeiro às 18:30, o segundo às 21:30, na Casa das Caldeiras.

______________________

“Jean Eustache: Existência Brumosa”: (1) | (2)

Jean Eustache: Existência Brumosa (2)

01.12.2015


La Maman et la putain (A Mãe e a Puta, 1973).


Será mostrado amanhã nas Sessões do Carvão, a primeira parte às 18:30, a segunda parte às 21:30, na Casa das Caldeiras.

______________________

“Jean Eustache: Existência Brumosa”: (1)

Cineclubes e Movimento Cineclubista no Brasil

30.11.2015

A Noite da Imagem

27.11.2015


Eraserhead (No Céu Tudo é Perfeito, 1977).


Contribuo amanhã para uma conversa sobre o campo expandido das imagens e da arte, em conjunto com João Ribas e Bruno Marques. Esta troca de palavras será moderada por Maria Teresa Cruz (NOVA). Os detalhes desta iniciativa da Anozero: Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra podem ser encontrados aqui.

Preparei uma pequena apresentação a que dei o título “A Noite da Imagem: Migração e Distracção no Cinema de David Lynch”. A ideia é discutir o cinema de contaminações estéticas de David Lynch do ponto de vista da criação e da fruição a partir dos conceitos de migração (Aby Warburg) e distracção (Walter Benjamin).