Sessões do Carvão, Fevereiro e Março 2012

29.02.2012


M.


Começam hoje as Sessões do Carvão, coordenadas por mim no âmbito da programação cultural do Teatro Académico de Gil Vicente, na Sala do Carvão da Casa das Caldeiras. A entrada é gratuita.

O carvão é escuro e também estas sessões são escuras, iluminadas apenas pela luz do projector. Esta iniciativa propõe ciclos constituídos por clássicos da história do cinema, compostos por obras com ligações temáticas, ou programados por alunos do 1.o ciclo do curso de Estudos Artísticos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Muitos dos filmes são inéditos comercialmente em Portugal ou raramente são exibidos. Através destas descobertas ou redescobertas, pretende-se contribuir para uma cultura cinematográfica atenta, crítica, e conhecedora — uma intenção reforçada com uma conversa por mês com um convidado.

29 FEV. · FRITZ LANG: MEDO, PODER, E JUSTIÇA
18:30   M (Matou!, 1931), real. Fritz Lang
21:30   Fury (Fúria, 1936), real. Fritz Lang

7 MAR. · ADAPTAÇÕES DE JOÃO BOTELHO
18:30   O Fatalista (2005), real. João Botelho
Conversa entre Marta Teixeira Anacleto e Osvaldo Silvestre (FLUC/CLP)
21:30   Yu Cai Huang Hou (“A Rainha da Cozinha”, 2009), real. Han Wanfeng[1]

14 MAR. · ADAPTAÇÕES DE JOÃO BOTELHO
18:30   Quem És Tu? (2001), real. João Botelho
21:30   A Corte do Norte (2008), real. João Botelho

21 MAR. · FRITZ LANG: MEDO, PODER, E JUSTIÇA

18:30   Dr. Mabuse, der Spieler - Ein Bild der Zeit (O Doutor Mabuse, 1922), real. Fritz Lang (I)

21:30   Dr. Mabuse, der Spieler - Ein Bild der Zeit (O Doutor Mabuse, 1922), real. Fritz Lang (II)

28 MAR. · FRITZ LANG: MEDO, PODER, E JUSTIÇA

18:30   Das Testament des Dr. Mabuse (O Testamento do Dr. Mabuse, 1933), real. Fritz Lang

21:30   Die 1000 Augen des Dr. Mabuse (O Diabólico Dr. Mabuse, 1960), real. Fritz Lang

______________________

[1] Programado pela Semana Cultural da UC: Dia da China.

A Cidade das Imagens

27.02.2012



Shijie (O Mundo, 2004).


Apresento hoje a conferência “A Cidade das Imagens” na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Lisboa, às 10 horas, no Auditório Agostinho da Silva. Esta apresentação integra o Workshop: CutCity 2012 de mais uma Semana da Arquitectura e, em particular, os eventos do Estúdio 8, dedicado à arquitectura e ao cinema, que conta ainda com conferências do arquitecto Luís Urbano (Universidade do Porto) e dos cineastas João Salaviza e Tiago Nunes. Outras informações podem ser encontradas nos blogues do estúdio e do workshop.

Reborn Digital?

25.02.2012

Cinema/História

20.02.2012

Escolhas 2011

15.02.2012


O Estranho Caso de Angélica.


Autobiografia lui Nicolae Ceausescu (A Autobiografia de Nicolae Ceausescu, 2010), real. Andrei Ujica

Estranho Caso de Angélica, O (2010), real. Manoel de Oliveira

Film socialisme (Filme Socialismo, 2010), real. Jean-Luc Godard

Hadewijch (2009), real. Bruno Dumont

Jodaeiye Nader az Simin (Uma Separação, 2011), real. Asghar Farhadi

Loong Boonmee raleuk chat (O Tio Boonmee que se Lembra das suas Vidas Anteriores, 2010), real. Apichatpong Weerasethakul

Quattro volte, Le (As Quatro Voltas, 2010), real. Michelangelo Frammartino

Shi (Poesia, 2010), real. Chang-dong Lee

Super 8 (2011), real. J. J. Abrams

Tree of Life, The (A Árvore da Vida, 2011), real. Terrence Malick

Pensando agora, todos estes filmes são atravessados por uma interrogação do real e das (suas) imagens. É uma interrogação que nada tem de fechado ou circular. Pelo contrário, é perceptiva, criativa, interessada no que não é cinema, convocando a nossa atenção, imaginação, e afecto. Cada uma destas obras anuncia que as imagens que permanecem nada têm de apaziguador. Em vez disso, desestabilizam nas suas ligações, na sua história, e nas suas ambiguidades. Há que experimentá-las, sem querermos dominar a sua força com o esclarecimento completo, já que são fruto de uma abertura para a luminosa e magnética intensidade dos momentos que as compõem. Do que vi, destaco ainda The Adventures of Tintin (As Aventuras de Tintim - O Segredo do Licorne, 2011), Another Year (Um Ano Mais, 2010), Le gamin au vélo (O Miúdo da Bicicleta, 2011), Habemus Papam (Habemus Papam - Temos Papa, 2011), Melancholia (Melancolia, 2011), Rango (2011), e True Grit (Indomável, 2010). [1]

______________________

[1] Publicado simultaneamente em Cinema2000: Balanço 2011 - As Nossas Escolhas”.

Cinema Documental: Olhares e Projecto

11.02.2012


Informações mais detalhadas aqui.

Ante-Estreias na Cinemateca Portuguesa

10.02.2012


A sessão será na próxima sexta-feira, 17 de Fevereiro. Os trailers de Sem Abrigo e A Pena Perdida podem ser visto aqui e aqui, respectivamente. Um abraço para o José Oliveira.